Quarta, 22 de agosto de 2018
91 99100-9888
Saúde

07/05/2018 ás 10h07 - atualizada em 07/05/2018 ás 10h18

57

Jonivaldo Castro

Mãe do Rio / PA

Falso médico é preso em flagrante em Porto de Moz, sudoeste do Pará
De acordo com a Polícia Civil, homem é suspeito de ter causado um aborto em uma grávida que havia sido atendida na unidade de saúde.
Falso médico é preso em flagrante em Porto de Moz, sudoeste do Pará
Equipe da Polícia Civil em Porto de Moz prendeu o falso médico. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Por G1 PA, Belém


 


 


Um homem que atuava ilegalmente como médico no Hospital Municipal de Porto de Moz, no sudoeste do Pará, foi preso em flagrante pela Polícia Civil no último final de semana. Segundo a delegada Alessandra Insabrald, ele é suspeito de ter causado um aborto em uma grávida que havia sido atendida na unidade de saúde.


O flagrante foi realizado no sábado (5), após investigações realizadas pela equipe policial, que recebeu informação sobre o exercício ilegal da medicina no município. O falso médico atuava no Hospital Municipal de Porto de Moz desde janeiro deste ano e foi flagrado no momento em que fazia ultrassons em mulheres gestantes.


Os policiais civis conduziram o suspeito até a Delegacia de Porto de Moz para os procedimentos cabíveis. Ele foi autuado com base nos artigos 282, por exercer a profissão de médico sem autorização legal, e 328, por usurpação de função pública, do Código Penal. As investigações sobre a prática ilegal continuam.


 

FONTE: /g1.globo.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium