Terça, 20 de novembro de 2018
91 99100-9888
Esportes

07/05/2018 ás 10h34 - atualizada em 07/05/2018 ás 10h49

90

Jonivaldo Castro

Mãe do Rio / PA

Em partida equilibrada, Remo e Santa Cruz não saem do zero no Mangueirão pela Série C
Setor ofensivo do Remo faz a sua melhor apresentação na competição, mas vê Isac desperdiçar ao menos quatro grandes chances. Ávila se destaca, mas perde a oportunidade de levar os três pontos para Recife
Em partida equilibrada, Remo e Santa Cruz não saem do zero no Mangueirão pela Série C
O camisa nove do Leão perdeu quatro boas chances...!

RESUMÃO



·         O JOGO


Remo e Santa Cruz ficam no 0 a 0 no estádio Mangueirão, em Belém, pela quarta rodada da Série C do Brasileiro. As equipes fizeram um primeiro tempo disputado, mas com ampla vantagem ofensiva para o time paraense, que com Isac desperdiçou quatro oportunidades claras. Na etapa complementar, a Cobra Coral pernambucana dominou as ações, principalmente com as investidas de Ávila, mas viu o goleiro Vinícius operar duas grandes defesas que foram fundamentais para segurar o empate até o final da partida.


 


DESTAQUEDESTAQUE DA PARTIDA

O destaque do jogo foi o meio-campista Ávila. Com ele, o Santa Cruz chegou ao menos em quatro oportunidades de marcar. O jogador não deu folga para os marcadores azulinos pelo lado esquerdo do ataque e acabou perdendo uma oportunidade clara, frente a frente com o goleiro Vinícius.

 

·         DESTAQUESEGUNDO TEMPO

Diferente do tempo anterior, a etapa complementar foi dominada pelo Santa Cruz. O time pernambucano controlou as principais ações, foi mais incisivo e por pouco não chegou a gol com uma cabeçada de Fabinho Alves e uma finalização do Ávila, mas o goleiro Vinícius evitou. Já o Remo ficou restrito os cruzamentos para área na tentativa de encontrar Isac, que nos acréscimos conseguiu cabecear a bola dentro da pequena área, mas mandou para fora.


DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO


O primeiro tempo no Mangueirão foi movimentado. Com as duas equipes querendo terminar a partida com a vitória, o Remo foi quem teve maiores chances de abrir o placar, principalmente com o atacante Isac. O camisa nove do Leão perdeu quatro boas chances, e ainda teve um gol anulado. Já o Santa Cruz foi extremamente perigoso nos contra-ataques e tendo o seu lance mais perigoso com as duas finalizações seguidas de Charles, a primeira pegou no defensor e a segunda na trave esquerda.


 


 


 


FONTE: http://globoesporte.globo.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium