Sexta, 18 de outubro de 2019
91 99100-9888
Brasil

09/10/2019 ás 17h46

30

Jonivaldo Castro

Mãe do Rio / PA

Polícia Civil realiza operação de combate a crimes de roubo e tráfico de drogas em Belém e no interior do PA
A operação busca retirar de circulação pessoas com mandados de Justiça durante o período do Círio de Nazaré. Ultimo balanço aponta 118 pessoas presas.
Polícia Civil realiza operação de combate a crimes de roubo e tráfico de drogas em Belém e no interior do PA
Operação conta com a atuação 458 policiais civis com utilização de 147 viaturas policiais. — Foto: Reprodução/Polícia Civil do Pará

Por G1 PA — Belém


 


A Polícia Civil realiza nesta quarta-feira (9), a operação "Tipiti", em Belém, região metropolitana e interior do Pará. Os agentes cumprem mandados de prisão decretados pela Justiça contra pessoas que respondem pela autoria de crimes diversos, como furto, roubo e tráfico de drogas. De acordo com o último balanço divulgado pela Polícia, às 15h, 118 pessoas foram presas.


A operação tem como objetivo retirar de circulação pessoas com mandados de Justiça em aberto durante o período do Círio de Nazaré. Segundo a Polícia, a incidência de delitos na cidade tende a aumentar nesse período, devido as festividades da quadra nazarena. "A gente sabe que nesse período do Círio aumenta o número de pessoas que vem aqui pra capital. O círio é considerado o natal dos paraense. Isso aumenta a cobiça dos criminosos", explicou o diretor de policia metropolitana, Marco Antônio Duarte.


De acordo com a Polícia, a operação foi pensada inicialmente para ser realizada apenas na capital, mas foi estendida para os interiores com o objetivo visando interromper o fluxo criminoso. "Historicamente se desenvolve durante o período do Círio de Nazaré, um fluxo criminoso. Todos os municípios do interior costumam se deslocar para Belém e infelizmente dentre estas pessoas existem alguns criminosos que vem com a finalidade de praticar delitos", disse o diretor d


Segundo a polícia ,os presos serão conduzidos para as Unidades Policiais, nos casos em que houver lavratura de prisão em flagrante. Na capital, os presos passarão por exames periciais e procedimento de identificação civil na sede da Delegacia-Geral (DG), em Belém.

FONTE: g1.globo.com/pa

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium